domingo, setembro 30, 2007

Portal do Senado dará transparência a gastos
A partir de terça-feira, cidadão terá acesso a informações sobre despesas e liberações de emendas

De quanto foi a verba do Ministério da Saúde enviada ao município Abreu e Lima, em Pernambuco? Qual foi a cidade que mais recebeu recursos do Bolsa-Família no ano passado? Houve liberação de emendas às vésperas de uma votação importante no Senado? Quais os principais beneficiados? Essas e outras respostas poderão ser encontradas, a partir de terça-feira, no novo portal do Orçamento, hospedado no site do Senado (www.senado.gov.br).
ESTADÃO
Ah! A idéia de criar um portal sobre o Orçamento não partiu de nenhum dos 81 senadores, mas dos próprios consultores do Conorf, que sentiam dificuldade de trabalhar com as poucas informações disponíveis.
UNESP de Itapeva oferece curso para professores do ensino médio: Física e Matemática
A demanda por educadores com formação específica para o desempenho docente no ensino médio em todas as áreas do conhecimento é cada vez maior, na região de Itapeva nas áreas de Física e Matemática esta demanda é muito grande. Por outro lado, as diferentes concepções de ensino-aprendizagem priorizam a necessidade de novas abordagens para estimular de forma fácil e apreciável o aprendizado.

Visando essa necessidade, um grupo de professores e alunos da UNESP (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho) de Itapeva oferece um curso de capacitação para professores de física e matemática do ensino médio. No curso será proposto um material de aperfeiçoamento e auxílio para os professores, utilizando para isto simulações e ferramentas computacionais de domínio público na elaboração de laboratórios virtuais e práticas pedagógicas.

As inscrições para o curso serão de 19 de setembro a 4 de outubro na secretária da UNESP de Itapeva, situada à Rua Geraldo Alckmin, 519, Itapeva - SP. As aulas iniciarão em 06 de outubro às 13h00 no campus da UNESP. A primeira e a última aula serão presenciais aos sábados, no período da tarde, e as demais atividades no ambiente de ensino a distância TelEduc, pela Internet. O curso e todo o material a ser utilizado são gratuitos.
UNIVERSIA
Ministro Lupi (PDT) do Trabalho prioriza aliados ao distribuir verba
Pelo menos 12 dos 16 convênios que o Ministério do Trabalho fechou nos últimos seis meses - gestão do presidente do PDT, Carlos Lupi - destinam verbas a entidades e prefeituras ligadas ao partido do ministro ou administradas por aliados do governo ou do PDT. No Estadão
Entrevista: deputado Nelson Goetten - "É um balcão de negócios, prostituição"
Felipe Recondo, O Estado de S. Paulo

Ameaçado de perder o mandato no Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado Nelson Goetten (SC), que deixou o oposicionista DEM para aderir ao governo, pelo PR, é direto: não vê motivo para instituir a fidelidade, pois não acredita que os partidos tenham ideologia. "Esse mundo de partidos é um balcão de negócio, é uma prostituição", admite o parlamentar, em entrevista ao Estado.

Goetten, que já foi filiado ao PP, argumenta que faz parte da cultura política do Brasil o troca-troca partidário. Por isso, alega, o Judiciário não deveria punir a prática.

Ele garante que não foi para a base do governo em busca de cargos ou liberação de emendas. Os números do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) mostram, no entanto, que a infidelidade foi um ótimo negócio.

O PR recebeu, porcentualmente, o dobro do que foi pago ao seu partido antigo, o DEM, mesmo com número menor de parlamentares - o DEM contabiliza 59 deputados e o PR, 42.
SE TIVER ESTÔMAGO, LEIA A ENTREVISTA
DEMOCRACIA FAZ-DE-CONTA
--Um governo que constrói uma maioria esmagadora, modificando a vontade do eleitor, alcança uma hegemonia preocupante, que permite que se torne branco o preto e que se empurre o que se quer goela abaixo do Congresso e da Nação. (Ministro Marco Aurélio, no Estadão)
Lembre-se: democracia - vale dizer, boa administração - precisa de maioria que governe e minoria que fiscalize e se prepare para a alternância no poder.
Câmara de SP economiza 55 % com prestação de contas

Editorial, O Estado de S. Paulo

Bastou a exigência da apresentação de notas fiscais para comprovação dos gastos e, no primeiro mês de prestação de contas, os vereadores paulistanos economizaram 55% dos recursos disponíveis em agosto para pagamento de combustível, material de papelaria, selos, impressões, assinaturas de meios de comunicação, telefonia, criação e manutenção de websites, contratação de consultorias, etc.
MAIS
Representantes de mentira

Jânio de Freitas, Folha de S. Paulo

O sistema que elege deputados e senadores é uma fraude contra o eleitorado. É deliberada mentira, no regime e na legislação do Brasil, que exista e que seja democrática a representação do povo e dos Estados pelos parlamentares. Fraude e mentira cujo fim é indispensável, como preliminar, para deter a degradação institucional e política.

A composição da Câmara só terá o sentido de representação quando obedecer à ordem quantitativa dos votos dados, em cada Estado, aos candidatos. O sistema dos "candidatos puxadores" de votos é uma fábrica de aberrações. Indústria de picaretagem eleitoral que permite, em um dos poucos exemplos divulgados, a eleição a deputado federal de uma candidata com ridículos 200 votos no maior eleitorado do país, São Paulo.
MAIS
PELA FIDELIDADE PARTIDÁRIA
MINISTRO MARCO AURÉLIO MELLO, presidente do TSE
Há outro dado que somente os ingênuos não percebem. A troca de partido decorre de cooptação indesejável, para dizer o mínimo. O detentor do mandato, que o exerce em nome do partido por meio do qual foi eleito, vira as costas a este último com o intuito de desfrutar de benesses, o que modifica o equilíbrio político resultante da vontade dos eleitores.
Presente a condição humana, a Constituição de 1988 é pedagógica ao remeter ao estatuto do partido a fixação de normas de disciplina e fidelidade partidária, deixando evidente, a mais não poder, a vinculação decorrente do casamento inicial que, assim, mostra-se indissolúvel na constância da legislatura posterior ao certame eleitoral.
Daí haver somado voto à resposta dada pelo Tribunal Superior Eleitoral às consultas e estar convencido de que haverá um ponto final na prática observada de troca de partido, com a conseqüência natural da ardilosa astúcia: uma vez efetuada, o parlamentar se desqualifica para o exercício do mandato, contando o partido traído com o direito de ver o suplente empossado, de modo a continuar com o mesmo número de cadeiras definido mediante a vontade soberana dos eleitores.
Oxalá assim o seja, frutificando a semente plantada pelos ministros vencidos em 1989 e fortalecendo-se o Estado de Direito! LEIA MAIS NA FOLHA
CLIPPING DE DOMINGO (30) -
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

sábado, setembro 29, 2007

O bando da Ideli
Ricardo Brito e Otávio Cabral, da revista Veja, mergulham no nebuloso mundo das Ongs e outras entidades criadas pelos petistas em Santa Catarina, dutos através dos quais são drenadas vultosas quantias dos cofres públicos. Campeia a fraude: falsos documentos, alunos-fantasmas etc. No centro de uma dessas falcatruas estão amigos e ex-assessores da senadora Ideli Salvatti "Corrupti", pitbull do lulismo, líder do PT no senado, madrinha dos mensaleiros e defensora de Renan Calheiros.
A Veja que me desculpe, mas surrupiei a matéria na íntegra, para que meus conterrâneos vejam as tramóias da figura que elegeram como sua representante.
BLOG DO TAMBOSI
O amigo-problema de Ciro Gomes
O homem de confiança de Ciro Gomes é acusado de cometer fraude no Banco do Nordeste.
ÉPOCA

O projeto "Deus na escola" deve ser sancionado?
NÃO. Vetar, pela cidadania!
Roseli Fischmann, Folha de S. Paulo

O GOVERNADOR José Serra deve vetar o projeto de lei "Deus na escola" porque é inconstitucional, violando direitos humanos: contraria o princípio da laicidade do Estado, viola o direito à igualdade e à liberdade de consciência e de crença, dos alunos e dos grupos religiosos.
Em que pesem os propósitos proclamados no projeto, a mera oferta do ensino religioso como "conteúdo homogêneo para todas as crenças" a crianças de seis anos, idade em que iniciam o ensino fundamental, seria uma forma de discriminação e opressão. Seria violação da dignidade, da liberdade e do respeito a que toda criança tem direito, como expresso no artigo 227 da Constituição Federal, pelo tipo de constrangimento e conflito a que submeteria os alunos.
Um dos direitos humanos é que aos pais cabe prioritariamente a escolha do gênero de educação a dar aos filhos -o que inclui educação religiosa e o grupo do qual participará. Como poderia uma criança conviver sem conflito com um conteúdo que, ao oficialmente "homogeneizar" a diversidade, seria diferente do que lhe é dado por sua família e comunidade religiosa?
Os alunos do ensino fundamental são consciências tenras, mais vulneráveis a atos que, sob o manto da boa intenção, podem promover danos de longa duração. Implantar a divindade como "matéria" escolar, mediante o conceito de que seria possível homogeneizar as religiões e espiritualidades como ato de Estado, pode desenvolver nos alunos disposição psicológica para discriminar e excluir todos os que não se submetem a semelhante padrão homogêneo, levando à perda da capacidade crítica (que a educação deve promover) de identificar o que é proposto como tirania, ao arrepio do pluralismo e da democracia.
Autores, como Allport, Adorno e Kelman, indicam que a rejeição da pluralidade leva a uma disposição psicológica para o totalitarismo e o autoritarismo, com repercussões profundas sobre o individual e o coletivo.
Mesmo propondo o ensino religioso como facultativo, o projeto é inconstitucional, ao estabelecer que o Estado abandone a posição imparcial que deve ter por ser laico para assumir o papel de doutrinador do tema religioso.
O projeto viola o direito à liberdade das organizações religiosas, interferindo de forma inconstitucional na esfera que lhes é privada. Isso porque estabelece o Estado como responsável pela definição de qual é a divindade -nome, atributos e desígnios- a ser sancionada como oficial e estatal e, assim, ensinada às crianças de todas as crenças.
Como se pode esperar que as religiões aceitem placidamente que seus conteúdos sejam violados em sua integridade e singularidade para compor um conteúdo homogêneo? Mesmo quem pouco conheça de religiões entenderá o absurdo de tentar propor uma única divindade, em um quadro em que mesmo as religiões monoteístas, de tradição abraâmica, não têm unanimidade teológica; ficaria aqui a pergunta sobre qual monoteísmo seria escolhido, no que parece ser a proposta do projeto de lei.
Pois, ao escolher assim, o projeto desconsidera o politeísmo, desrespeitando parcelas da população que praticam religiões de matriz africana; ignora crenças que não se referem à divindade, como o budismo. Reforça a inaceitável estigmatização de ateus e o desconhecimento sobre agnósticos, violando o direito de todos esses cidadãos de serem reconhecidos da forma como são e como crêem ou não crêem, sem o risco de serem banidos da esfera pública.
Pois não cabe ao Estado laico fazer escolhas e definições religiosas, mas proteger igualmente a escolha de consciência e de crença de todos os cidadãos e cidadãs.
Já os artífices dessa criação do Criador, segundo o projeto, seriam um grupo de escolhidos (ou "ungidos"?), que teriam, assim, uma cidadania mais reconhecida que a dos demais, gesto que seria repetido por cada conselho de escola e cada professor, ao sabor de sua interpretação.
Observe-se que o artigo 19 da Constituição veda à União, aos Estados e aos municípios tanto estabelecer cultos religiosos ou igrejas e subvencioná-los quanto criar distinções entre brasileiros ou preferências entre si. É dessa armadilha que o governador deve escapar, vetando o projeto de lei.
----------------------------------------------------
ROSELI FISCHMANN, 54, doutora e livre-docente, é professora do programa de pós-graduação em educação da USP e expert da Unesco para a Coalizão de Cidades contra o Racismo, a Discriminação e a Xenofobia. Integrou a Comissão Especial de Ensino Religioso do Governo do Estado de São Paulo (1995-1996).

Marcadores:

VEREADOR INFIEL PERDE MANDATO
Sérgio Pardellas, Jornal do Brasil:

O vereador de Itajá (RN), Merquides Alves Ferreira, teve o mandato cassado por ter saído do partido que o elegeu. O juiz Adenito Francisco Mariano Júnior concedeu pedido de liminar determinando que a Câmara Municipal convoque o suplente PMDB, Pedro Francisco Dutra, para assumir seu lugar. Cabe recurso.
QUEM QUER ACABAR COM O NEPOTISMO?
O Estado de S. Paulo: Um projeto que proíbe contratação de parentes e mesmo o emprego cruzado - pelo qual os deputados empregam parentes uns dos outros - está batendo um recorde de gaveta na Assembléia Legislativa paulista. Apresentou-o, há mais de três anos, o deputado Pedro Tobias (PSDB). Relatores se sucederam, o texto dormiu em comissões mas agora está pronto para votação em plenário. O problema é que os 14 membros do colégio de líderes não se animam a apresentá-lo. A maioria dos deputados não quer tirar os parentes do emprego nem enfrentar o desgaste de votar.
Políticas sociais avançam mais para idosos do que para crianças
Felipe Werneck e Alexandre Rodrigues, O Estado de S. Paulo

A Síntese de Indicadores Sociais 2007 divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra um Brasil cujas condições de vida têm melhorado, mas de forma desigual para os dois extremos etários da sociedade, com mais avanços para idosos que para crianças, adolescentes e jovens. O estudo, baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), mostra que o País está conseguindo dar mais saúde aos velhos, cuja expectativa de vida aumenta, mas melhora em ritmo muito menor na educação, maior carência da juventude. O avanço é considerado mais lento que o de outros países da América Latina, com economias menores.
MAIS


Óbvio: crianças não votam!
FESTA LONGA...
Programa Transparência da Rádio Cristal:
Capitão Patriarca, da PM: dez dias de festa é demais, desorganiza o trabalho rotineiro da polícia.
CENSOR
Programa Transparência da Rádio Cristal:
Toninho Loureiro, da Schincariol, informou que apesar de ter contribuído com R$ 50 mil para a Festa de Aniversário de Itapeva, o anúncio de seu nome foi vetado na Festa.
Vetado pelo prefeito Cavani!
CLIPPING DE SÁBADO (29) -
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA
ELOGIO DA IGNORÂNCIA
--Os anos de escola servem para um milhão de coisas, mas, para decisão política, é preciso, antes de tudo, saber de que lado se está e saber se tem consciência ou não. AQUI
É duro passar a vida inteira aconselhando os filhos, sobrinhos, amigos - estudem! estudem! estudem! - e depois ouvir uma obobrinha dessas...

sexta-feira, setembro 28, 2007

CERCO À IMPRENSA
Prefeito Cavani contratou o ex-proprietário do Jornal Tribuna Sul Paulista (fechado), comendador Jandir de Abreu Gonzaga, para a assessoria de comunicação da prefeitura. (Ita News)
Antonio Romane
Em Itapeva, os vereadores também não sabem que o Estado brasileiro é laico: O vereador Ney propôs projeto de lei instituindo o Dia do Evangélico. Religião rende voto, né?

A renda média da população de Itapeva aumentou ...
A arrecadação da prefeitura aumentou...
No entanto, os indicadores sociais cairam de 1997 a 2004...
Conclusão: o modo Wilmar de governar foi um desastre.
O mercado (economia) fez sua parte, mas o governo, chéé.

Marcadores: ,

Palácio dos Vereadores de Itapeva

Jornal Ita News de hoje:
VEREADOR TARZÃ DESCONFIA DA EMPRESAS GANHADORA DA LICITAÇÃO -"Foram duas empresas que participaram da licitação para a construções do prédio, sendo uma de Carlópolis (PR) e outra de Santo Antonio da Platina, o que parece algo ... (pausa). Não coloco em dúvida a idoneidade, honestidade e retidão dos componentes da Mesa da Câmara, mas quando se faz uma licitação precisa garantir oportunidade para que diversas empresas participem. A diferença de preço entre uma empresa e outra foi de apenas mil reais. Olhe só a coincidência! Eu vou levar ao Tribunal de Contas, ao Ministério Público e aonde for necessário."
VEREADOR DE LA RUA: "Questionar a construção do prédio é um absurdo. A própria repórter da Rede Globo saiu dando razões para se fazer um novo prédio, pois as condições atuais dessas dependências não oferecem conforto, segurança e acessibilidade para os que vêm até aqui. Em três anos de mandato, a Câmara devolveu quase R$ 2 milhões ao Executivo."
***
Pois é, né? A gente pensava que essas barbaridades da Câmara eram coisa do Tarzã, o manda-chuva. Errado!
Nesta gestão, assumiram o comando da Câmara os valentes professor Geraldo, petista, o médico Ulysses, e o combativo Paulo de la Rua.
O que mudou?
É bom lembrar que Itapeva figura nos últimos lugares em ranking de indicadores sociais. Índices africanos de mortalidade infantil!
O social, como os políticos gostam de dizer, é prioridade dos valentes?
Não, não! A prioridade é construir um palácio, "chique no úrtimo", cheio de mordomias...
1-A Câmara de Itapeva gasta 300 mil por mês, o dobro da de Avaré.
2-Um prédio de 1000 m2 pode ser feito com R$ 500 mil.
3-Câmara não tem arrecadação própria para repassar à prefeitura. O dinheiro gasto tanto pela câmara como pela prefeitura sai do lombo dos contribuintes. Através de leis orçamentárias, aprovadas pelo prefeito e pelos vereadores, é feita a distribuição de verbas para a saúde, educação, transporte, legislativo, etc.
A câmara só devolve dinheiro para a prefeitura quando superestima seus gastos! Ou seja, puxa muita sardinha para sua brasa e depois não consegue comer...
Por que será que o Brasil é um dos países mais desiguais?

Marcadores:

Relatório do BC indica fim do ciclo de queda dos juros
O Estado de S. Paulo

A queda dos juros nos Estados Unidos, a valorização do real e a desaceleração no ritmo de alta dos alimentos não foram suficientes para que o Banco Central abandonasse seu tom conservador. O Relatório Trimestral de Inflação, divulgado ontem, mostrou projeções mais elevadas para os índices de preços e reforçou as preocupações do BC com o impacto provocado pela atividade econômica interna. Com isso, os analistas financeiros estão cada vez mais convictos de que o ciclo de queda nos juros está perto do fim, se já não acabou.
MAIS
CUPINCHADA DO PREFEITO

A prefeitura de São Paulo tem 4.219 cargos de confiança. É mole?
MÉRITO, COMPETÊNCIA, ESTUDO, AGORA SÃO PECADOS...
João Mellão Neto, O Estado de S. Paulo

Se você se formou em alguma faculdade; se você, por acaso, aprendeu mais de um idioma; se você é um profissional liberal bem-sucedido ou ocupa um cargo elevado na empresa em que trabalha, cuidado. Esconda os seus diplomas no armário, jamais torne a usar os seus ternos sob medida e trate de comprar um carro velho ou popular. Demonstrar mérito ou ostentar sinais de prosperidade, no Brasil, agora é pecado. Essas coisas significam que você faz parte das nossas pérfidas elites e, portanto, carrega consigo grande parte da culpa pela miséria em que vive razoável parcela da população.
AQUI
Corrupção: a culpa é da cultura?
Nelson Motta, Folha de S. Paulo

Quando atribuem aos adversários a invenção ou a repetição dos seus próprios crimes contra a democracia, petistas e tucanos se nivelam por baixo e, sem reconhecer os seus erros, tentam atribuir a nós, à cultura, à sociedade, ao jeitinho brasileiro, aos portugueses e até ao rigor da lei e dos cidadãos honrados, as suas quadrilhagens e a sua ética eleitoreira.
MAIS
PMDB: AMANTE ARGENTINA
Eliane Cantanhêde, Folha de S. Paulo

O PMDB é necessário, instável e caro para o governo Lula, como já foi para o de FHC. Uma verdadeira amante argentina.
ELIANE CANTANHÊDE
PMDB DE ITAPEVA
Jornal Ita News de hoje: O PMDB de Itapeva realizou reunião na terça-feira (25), o assunto era quem e como apoiar. Alguns garante que o partido segue fiel ao atual prefeito, outros nem tanto. Qual será o desfecho desta novela? Continuam fazendo parte da base ou se mudam para o alto das ondas sonoras?
CLIPPING DE SEXTA (28) -
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

quinta-feira, setembro 27, 2007

Senado não aprova Secretaria de Longa Prazo, ocupada por Mangabeira Unger


EMPREGO
Se você estudou pra caramba, fez curso superior, é portador de título de Doutor, e está interessado em dar aulas de Indústria do Mobiliário ou Desenho Técnico na Unesp-Itapeva, em regime de tempo integral, salário de R$ 5.850,92, clique aqui
Se você quiser uma opção mais amena, com vários assessores etc. e tal, mais de quatro paus por mês, comece a dar tapinhas nas costas de todo mundo, especialmente dos mais pobres. Não perca enterros, casamentos, festas, aniversários, missas, cultos. O concurso será em outubro do ano que vem. Boa sorte. (Nota: não estude muito, pode atrapalhar)
CONTE OUTRA...
- Eu não barganho as coisas. Eu faço acordo programático, faço acordo com partido. Não é possível ficar barganhando a cada votação que vai para o Congresso Nacional. (Lula, no Blog do Noblat)
Silêncio!

De um leitor:
Quando me mudei para Itapeva em 2005, vindo da capital, uma das primeiras coisas que me causou um prazer inenarrável foi o silêncio daqui. Porém, essa efêmera alegria durou somente até o aniversário da cidade quando então tive contato com um locutor de rodeio que começava a sua cantilena por volta das 23 horas. Durou uma semana. Passou.
No ano seguinte, com a instituição da Lei do Silêncio, pensei que o silêncio havia sido reconhecido como um direito do cidadão. O barulho, porém, continuou em 2006 e agora em 2007.

Uma coisa que eu me pergunto é: se um dia eu resolver fazer uma festa de arromba na minha casa, no meio da semana, será que as autoridades vão aparecer para pedir que eu pare de incomodar a vizinhança? Tenho certeza que sim. E se os salões de festas e boates não fizerem um isolamento acústico em suas dependências, será que as autoridades também vão aparecer? Também estou certo que sim.
Fico, então, sem entender nada...
PELA REELEIÇÃO, PREFEITA PRESSIONA FUNCIONÁRIOS

Blog do ex-vereador Flauzino (PMDB):

"Em uma cidade do interior de São Paulo, vizinha de Itapeva, uma prefeita do P$DB aplica a "moderníssima democracia tucana" (sátira).

Ela reuniu todos os profissionais da educação não concursados, residentes em Itapeva, exigindo, obrigando, ameaçando em algumas situações, para que todos transferissem o título eleitoral para cidade dela, além, é claro, de ter que votar na prefeita e ajudá-la na reeleição."
LEIA MAIS

1-Atente para a importância da blogosfera. Dificilmente você veria uma nota dessa em outro meio de comunicação. Viva a blogosfera da região!

2-Seja em Taquarivaí, seja em qualquer cidade destas bancas, a pressão eleitoreira em cima dos funcionários públicos é notória, é velha conhecida. Quem não sabe da força da chamada "máquina", capaz de decidir eleições?
3-De onde vem a "força da máquina"? Vem justamente dos funcionários "não-concursados", dos ocupantes de "cargos de confiança". Sem concurso, esses servidores não são "donos" do cargo, não têm estabilidade. Dependem, portanto, da boa vontade do príncipe de plantão. O que não fazem os servidores humildes para conservar o ganha-pão? O que não fazem outros para manter a mamata?
4-É pura perda de tempo fazer pregação moralista a favor de ética na política. Se pregação moralista resolvesse, as igrejas já tinham resolvido...
5-Importa, aos democratas, é detectar os buracos na cerca. Como se sabe, por onde passa um boi, passa uma boiada. Não consta que boi ou vaca tucana tenha natureza diferente das demais "raças". Olhe o que está acontecendo com os petistas que se consideravam uns santos, juravam que eram feitos de um barro especial, que eram diferentes. E agora? "Desculpem, outros também fizeram...e nós somos iguais..."
6-Concurso público! Profissionalização do funcionalismo público! Eis alguns dos remédios constitucionais para acabar com a festa de prefeitos coronelistas. Mas qual prefeito, qual vereador quer cumprir a Constituição?
***
Quem sabe quantos cargos de confiança (sem concurso) existem na prefeitura de Itapeva? Mais que na França? Mais que no Reino Unido?
Escravidão como estado de espírito
Para refletir
Paulo Nogueira Batista Jr., Folha de S. Paulo: No capítulo sobre a Guerra Civil Americana (1861-1865), [livro de] Churchill relata um aspecto curioso.
Quando a guerra estourou, muitos pensavam que a vitória do Norte seria relativamente rápida. Os Estados do Norte tinham uma população bem maior e uma base industrial bastante desenvolvida. Nos Estados do Sul, preponderava uma economia agroexportadora baseada no sistema escravista.
A população do Sul, além de menor, era composta em grande medida de escravos. Os Estados do Sul corriam o risco de ter uma enorme quinta-coluna, especialmente se ficasse claro para a população escrava que a vitória do Norte resultaria, como de fato resultou, na abolição da escravatura.
Surpreendentemente, os escravos foram, em geral, muito obedientes e solidários com os seus senhores. Isso contribuiu para que a guerra durasse mais do que se esperava -nada menos que quatro anos. Os escravos continuaram obedientes até a fase final, mesmo quando o esforço final de resistência do Sul levou a que muitas fazendas e plantações ficassem sob a guarda das mulheres dos proprietários! ÍNTEGRA
Bolsa faz 1º leilão de carbono
Aguinaldo Novo, O Globo
O Fortis Bank venceu ontem o primeiro leilão de créditos de carbono feito pela Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). O grupo belga-holandês ofereceu C13,096 milhões (cerca de R$ 34 milhões) por 808.450 toneladas de gases de efeito estufa que deixaram de ser lançadas na atmosfera por um aterro sanitário mantido pela prefeitura de São Paulo. O valor ficou acima da expectativa, de R$ 30 milhões.
MAIS
Atente para a novidade: efeito estufa virando mercadoria.
“Festa” em estados e municípios: HAJA IMPOSTOS
Correio Braziliense: O forte aumento da arrecadação não está fazendo a festa somente do governo federal. Estados e municípios também estão tirando proveito do robusto crescimento da economia para engordar os cofres. LEIA MAIS

Arrecadação em Itapeva
2004 - R$ 77.227.456,51
2005 - R$ 84.006.366,39
2006 - R$ 97.382.994,99

PS - A prefeitura de Itapeva custa cerca de 1 salário mínimo por mês a cada família. Por isso deve devolver esse valor (alto) em serviços de qualidade. Quando?

Marcadores: ,

TCU aponta obras com graves irregularidades
Walter Diogo, Jornal do Brasil: Acompanhado do ministro Guilherme Palmeira, o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Walton Rodrigues, entregou ontem ao presidente do Senado, Renan Calheiros, o relatório sobre obras públicas com indícios graves de irregularidades e que, em razão disso, podem ter as verbas bloqueadas na proposta de Orçamento para 2008. O valor total dos contratos que o TCU pede suspensão alcança R$ 5 bilhões. O TCU quer parar o governo e o seu PAC se for aplicado um corte dessa dimensão. A ação do TCU causou grande irritação no Planalto, embora o órgão tenha agido dentro da lei, pois é assessor do Congresso para fiscalizar o Poder Executivo. MAIS
Atenção: TCU é assessor do Legislativo para fiscalizar o Executivo. O titular da fiscalização é o Legislativo. Nos municípios, a fiscalização é atribuição das câmaras municipais. Infelizmente, as câmaras não querem nem saber de fiscalizar os prefeitos. Estes, por sua vez, fazem de tudo, custo o que custar, para ter maioria na câmara. E tome troca-troca para que tudo fique por isso mesmo.
PS - No site da Câmara de Itaberá está escrito: "O Poder Legislativo tem como função estabelecer ou fazer leis e juntamente com os Poderes Executivo e Judiciário deve promover a ordem e zelar pelo bem estar dos cidadãos e pelo progresso do município." Aqui
Nem uma palavra sobre "fiscalização". Pode?
Leia As Funções da Câmara, do jurista José Afonso da Silva.
Mais cargos para acalmar o PMDB
Ricardo Rego Monteiro, Jornal do Brasil
Em meio a uma renhida batalha para aprovar a prorrogação da CPMF até 2011, o governo pensa não só em alternativas para aplacar a sanha da base aliada por diretorias da Petrobras, como também em um plano B para o caso de uma derrota no Congresso. Um interlocutor do governo no Senado revelou que o Planalto estaria disposto a contemplar o PMDB e o PP com a presidência do Sistema Eletrobrás, ainda na interinidade, e diretorias de Furnas, Chesf, Eletronorte e Eletrosul, em troca da manutenção dos atuais diretores das áreas internacional e de abastecimento da petroleira estatal.
MAIS
O PMDB tomou o lugar do antigo PFL: há governo, sou a favor: cargos, cargos, cargos ... Ulysses Guimarães não merecia isso.
MOTOCICLETAS NO TRÂNSITO: MORTES NAS CIDADES
Difícil será achar solução para o trânsito de motocicletas entre as fileiras de carros em movimento, uma das maiores causas de mortes nas cidades, depois dos atropelamentos.
No CTB original esse corredor de segurança era preservado, mas recebeu veto presidencial. Um paliativo talvez fosse permitir a circulação das motos somente enquanto as fileiras dos demais veículos estivessem paradas, apesar da dificuldade de fiscalização. O respeito à faixa de pedestre necessita de maior rigor. O código poderia impor sanções maiores aos infratores e obrigar os municípios a fazer campanhas permanentes com monitores treinados.Nessa matéria, portanto, ainda há muito por fazer. MAIS
Andar a pé em Itapeva virou uma aventura. Os motoqueiros, velozes, não respeitam ninguém.
37 piores cursos de Direito do País formam 3,5 mil alunos por ano
Lisandra Paraguassú, O Estado de S. Paulo
O Ministério da Educação (MEC) cruzou os dados dos cursos de Direito no Exame Nacional de Desempenho do Estudante (Enade) e os resultados do exame nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e descobriu que pelo menos 37 cursos se saem muito mal na avaliação do governo e também no exame da OAB. Nesses casos, os cursos com avaliação 1 e 2 no Enade conseguiram aprovar no exame menos de 10% dos seus estudantes inscritos. Somados, os 37 formam 3,5 mil alunos por ano, em média.
Faculdade Eduvale de Avaré: Admite o conceito baixo no Enade e diz que reavaliará o curso. MAIS
PROCESSADOS DEVEM FICAR FORA DA POLÍTICA, DIZ PESQUISA
O estudo mostra que a maioria maciça (94,3%) considera que político processado na Justiça não pode disputar eleição.
Apenas 4,3% aprovam essa situação, que não é vetada pela legislação eleitoral, exceto nas ações julgadas definitivamente e ainda assim quando a penalidade é aplicada expressamente em sentença.
Pesquisa da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), aqui.
Pois é. Depois ainda dizem que a corrupção é culpa do povo.
Relações comerciais
Dora Kramer, O Estado de S. Paulo

Junto com a revitalização do Parlamento, a volta da democracia no País, nos anos 80, trouxe ao cenário da política o fisiologismo como fator de equilíbrio nas relações entre os Poderes Legislativo e Executivo. Portanto, o que se faz hoje não é novidade.

A inovação é que, com a adesão do PT aos meios e modos dantes por ele condenados, o fisiologismo passou a ser motivo de orgulho e ostentação.
MAIS
Uma gota de alívio na Saúde
Editorial, O Estado de S. Paulo

Com enorme esforço e quebrando muita pedra, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, conseguiu uma gota de alívio ao anunciar aumento médio de 30% em cerca de mil procedimentos ambulatoriais e hospitalares da tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). É o que representa um investimento adicional de R$ 1,2 bilhão - primeira parcela dos R$ 2 bilhões anunciados para o setor em agosto, por Temporão e o ministro da Fazenda, Guido Mantega -, mesmo que em alguns itens possa significar aumento porcentual expressivo, pelo fato de partir de uma base extremamente defasada, resulta em muito pouca coisa - e é claro que longe está de reduzir, substancialmente, essa defasagem.
MAIS
Lula libera R$ 32 mi por dia para votar CPMF
Ranier Bragon, Folha de S. Paulo

Na semana em que a Câmara dos Deputados iniciou a votação em primeiro turno da proposta de prorrogação da CPMF até 2011, o Palácio do Planalto destinou R$ 159 milhões em verbas federais para atendimento das emendas que deputados e senadores fizeram ao Orçamento da União.O valor, comprometido ou efetivamente pago entre segunda e sexta-feira da semana passada, representa 9,6% de tudo o que havia sido destinado em todo o ano.
MAIS
CLIPPING DE QUINTA (27) -
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

quarta-feira, setembro 26, 2007

Sempre os mesmos
Coluna do SPC, na Folha do Sul
O processo político dos últimos 50 anos em Itapeva não gerou novas lideranças, tivemos foi uma sucessão de promitentes, alguns aguerridos, capazes, outros nem tanto, mas nenhum deles com estofo de líder autêntico. Meros fogos fátuos, infelizmente. A ex-deputada Terezinha e o prefeito Cavani representam os últimos fios dessa meada sucessória de um novelo político em que a legitimidade das lideranças políticas do passado foi sendo transmitida de pai para filho (a), a manter incólume uma estrutura social e política conservadora, coronelista, sufocando novas lideranças fora desse arco político-paternal. Hoje a pobreza política da região se soma à pobreza econômica.
ÍNTEGRA
***
Dicionário Aurélio:
oligarquia
[Do gr. oligarchía.]
Substantivo feminino.
1.Governo de poucas pessoas, pertencentes ao mesmo partido, classe ou família.
2.Fig. Preponderância duma facção ou dum grupo na direção dos negócios públicos.
ENQUETE DA FOLHA DO SUL

Na sua opinião, o prefeito Luiz Cavani acertou ao trocar o PT pelo PSDB?

Resultado parcial:
Sim - 37,62% (155 votos)

Não - 56,80% (234 votos)

Não sei - 5,58% (23 votos)
Quer participar? Aqui
ITAPEVA - Campanha de vacinação anti-rábica continua até o dia 5 do próximo mês
Todos os animais com mais de três meses devem ser vacinados
Em Itapeva, continua até o dia 5 de outubro, a campanha de vacinação anti-rábica. Ela é voltada para animais a partir de três meses de idade. Os animais deverão ser levados aos 66 postos de vacinação distribuídos pela cidade. A vacina é gratuita e é a forma mais eficaz de prevenir a raiva, uma doença fatal que pode ser transmitida aos seres humanos. (TV TEM)
CUPINCHADA DO PREFEITO
Assim que um prefeito assume o cargo já coloca na prefeitura a sua cupinchada. E ele faz isso em acordo com as forças políticas sob o pretexto que precisa governar. O prefeito loteia a administração municipal. Isto é uma usina de corrupção. Os cargos devem ser ocupados por funcionários de carreira.
Cláudio Abramo, da Transparência Brasil, em palestra para estudantes de Mato Grosso do Sul, aqui.

Brasil caiu da 70ª para 72ª posição no ranking da Transparência Internacional

ITAPEVA CENSO 1940 - 69 % ERA ANALFABETA

Pessoas com 5 anos ou mais:

Sabiam ler e escrever
6.591 (3907 homens, 2684 mulheres)

Não sabiam ler e escrever
14.794 (6.920 homens, 7874 mulheres)

Ao contrário, no Estado de SP, os analfabetos já eram minoria: 47 %.

Marcadores: , ,

VAMOS VOTAR: UM PLANO PARA ITAPEVA
Já que o cobertor é curto (os recursos públicos são sempre escassos), qual deveria ser a PRIORIDADE NÚMERO UM da Prefeitura de Itapeva?
A educação está ganhando. Vote aqui

Marcadores:

JAIR CARVALHO TROCA PT POR PV

Jornal Ita News: Depois de eleger o PT como uma das metas de vida, Jair Carvalho se rendeu aos apelos e filiou-se ao PV.

Seria o término de um amor que era jurado como eterno ou a ânsia de voltar a ocupar uma cargo de confiança na adminstração Cavani?
***

"O poder é uma delícia."
COMPANHEIROS SE ESTRANHAM NA FESTA DE ANIVERSÁRIO DE ITAPEVA

Jornal Ita News de ontem:

"Luciano de Oliveira, ao tentar se envolver em conversa do prefeito Cavani com o ex-prefeito Wilmar, teria ofendido este - que o empregou na prefeitura ao longo de oito anos - com palavras de baixo calão.

Wilmar foi impedido de chegar perto do secretário da Defesa Social (Luciano), mas o filho ninguém conseguiu segurar."
Como diria o filósofo de Itaporanga: "O poder é uma delícia."
Quem quer largar o osso?
ITAÍ - Milhares de peixes morrem no ribeirão dos Carrapatos
Em um único dia foi recolhida cerca de uma tonelada. A prefeitura acredita que a morte possa estar relacionada à captação de água feita por proprietários rurais para irrigação de lavouras. A prática somada a estiagem que já dura quase dois meses pode ter diminuído o nível do rio provocando a baixa oxigenação.
A Companhia de Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental e o Departamento de Água e Energia Elétrica de Piraju, responsável por fornecer a licença aos agricultores, foram notificados. (TV TEM)
RANKING - MELHORES PAÍSES PARA EMPREENDIMENTOS

1° - Cingapura
2° - Nova Zelândia
3° - EUA.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.(calma)
.
.
.
.
.
.
122º - Brasil (o deitado eternamente)
.
.
.
O Brasil permanece como um dos países mais difíceis do mundo para fazer negócios, de acordo com relatório do Banco Mundial (Bird).

O estudo mostra que um investidor demora em média 152 dias para abrir uma empresa no Brasil -só em quatro países é preciso mais tempo para começar um negócio. Na Dinamarca, são necessários 6 dias para a mesma operação, no Uruguai, 44 dias, e em Togo, 53 dias. AQUI

Marcadores: ,

DEMOCRATIZAÇÃO DA OBESIDADE

ACIMA DO PESO
60 % - nas classes A e B
52 % - nas classes C, D e E

ABAIXO DO PESO
3 % - "sem diferença de gênero ou classe social", cfe. Folha SP

"A verdade é que aqui se segue, cada vez mais, o mau exemplo norte-americano: muita gordura e poucos nutrientes. Assim como os vizinhos, os brasileiros caminham para a obesidade da população. Ao contrário do que se pensava, apenas 3% da população acima de 40 anos podem ser enquadradas como subnutridas, enquanto que 60% dos entrevistados, representantes das classes A e B, e 52%, da C, D e E, estão acima do peso."

A pesquisa foi feita pela uma extensa pesquisa realizada pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) em parceria com a Faculdade de Saúde da Universidade de São Paulo (USP).
AQUI
***
E tem gente que acredita que o mundo está piorando depois da tecnologia, do capitalismo...
Ô gente ruim de matemática!

Marcadores:

Lucros no campo, inflação nas cidades
Alex Ribeiro, Valor Econômico

Economistas de dentro e de fora do governo travam um interessante debate sobre como o Banco Central deve reagir à recente inflação dos alimentos. A quebra de safra de produtos agrícolas na Oceania e a febre da produção de etanol nos Estados Unidos puxaram as cotações internacionais. Os efeitos no Brasil podem ser assim descritos:

1) Os fazendeiros do Sul e do Centro-Oeste exportam mais, aumentam os salários dos trabalhadores rurais e ampliam as encomendas de insumos e de máquinas agrícolas. Todos consomem como nunca, ampliando as pressões inflacionárias.

2) Os trabalhadores urbanos, sobretudo os de baixa renda, sofrem com a alta dos preços dos alimentos e reduzem o consumo. Ajudam, dessa forma, a conter a inflação.

A questão: qual desses movimentos é mais forte? A queda no consumo das massas urbanas será capaz de compensar a pressão inflacionária no campo? Ou a prosperidade agrícola é dominante, exigindo vigilância da política monetária?
MAIS
PORTAL DA TRANSPARÊNCIA NA CÂMARA MUNICIPAL DO RIO
Apresentado projeto de resolução, em 12 de junho último, criando um Portal da Transparência, para ser veiculado na página da Câmara Municipal na rede mundial de computadores, possibilitando a todos acompanhar a execução do orçamento, de forma simplificada e de fácil consulta. MAIS
A Câmara de Itaberá já está divulgando as contas, conforme informação em seu site oficial!
Quando chegará a vez da Câmara de Itapeva prestar contas aos nobres cidadãos?
ROUBALHEIRA COMO REGRA
Lúcio Vaz, Correio Braziliense

Das 122 obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) fiscalizadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), 68 apresentaram indícios de irregularidades graves, o que corresponde a 55% do total. O tribunal recomendou ao Congresso a paralisação de 29 dessas obras, com dotação orçamentária total de R$ 3 bilhões. A previsão de recursos para as 122 obras atinge R$ 15,5 bilhões. O PAC projeta investimentos de R$ 67,8 bilhões até 2010 com recursos do Orçamento da União.
MAIS
Entendeu por que os governos - especialmente nos municípios - precisam de maioria, custe o que custar? Maioria para evitar a perda do mandato por falcatruas!
PS - Nos EUA é comum presidentes governarem - e dizem que eles "governam" o mundo, né? - sem maioria no parlamento. É o que ocorre no momento.
Planalto usa verbas para botar deputados e prefeitos no cabresto.
Ranier Bragon, Folha de S. Paulo: O Palácio do Planalto está engordando sua base na Câmara prometendo facilitar a liberação de verbas do Orçamento para as emendas de deputados que deixarem a oposição.
A prática é conhecida, mas ontem a Folha ouviu isso abertamente de dois deputados da oposição que estão migrando para partidos da base aliada.
São eles Cláudio Cajado (DEM-BA) e Geraldo Thadeu (PPS-MG). No caso de Cajado, segundo disseram à Folha um líder da oposição e outro governista, a oferta de emendas partiu do encarregado pelo Planalto pela articulação política -o ministro Walfrido dos Mares Guia (Relações Institucionais).
--É a questão do apelo dos prefeitos. Os prefeitos estão apelando para que eu apóie o governo aqui em Brasília.
A Folha foi procurar os prefeitos das cidades representadas por Cajado e falou com um deles, que confirmou a história.

Trata-se de Reinaldo Barbosa Góes, prefeito de Iuiú, município de 10.230 habitantes na Bahia, quarta cidade do Estado que mais votos deu a Cajado (3.358).

--Ele deve ir para um partido da base do governo porque a gente sabe que sem o apoio do governo fica difícil. Ter um deputado contra o governo, principalmente governo federal, a gente sabe que inviabiliza muitos de nossos projetos. Não deveria ser assim, mas é", disse o prefeito Góes, afirmando que não saiu até agora nem um centavo da emenda de R$ 1 milhão destinada pelo deputado para calçamento das ruas de Iuiú.
Já [deputado] Geraldo Thadeu, de mudança do PPS para o PMDB, disse que pesou na decisão o fato de as cidades de sua base, na região de Poços de Caldas, terem mais facilidade para obter recursos:

--Execução de emenda é sempre um problema. Claro que se você vem de um partido da base fica mais fácil.

As emendas dos deputados destinam-se quase sempre a pequenas obras em seus redutos. A liberação é decidida pelo Executivo, que pode não liberar nada. Historicamente ele direciona mais verbas aos aliados.

Reportagem da Folha mostrou que a liberação de verbas a emendas dos que apoiaram a prorrogação da CPMF foi em valores 52% superiores à reservada aos que foram contra.
O líder do PR na Câmara, Luciano Castro (RR), um dos partidos que mais engordaram a bancada, explica que a pressão dos municípios para liberar emendas é muito grande sobre o parlamentar:

--É bom estar com o governo quando o deputado tem municípios na sua base muito dependentes de recursos do Orçamento federal.
Pelo menos 21 deputados e senadores negociam mudar de partido, a maioria para legendas do governo. O bloco de apoio a Lula na Câmara elegeu 354 e já conta com 378. A oposição elegeu 158 e caiu para 133. ÍNTEGRA
***
A "democracia" brasileira é assim. Não respeita partidos, não respeita eleitores, não respeita autonomia municipal, não respeita o princípio federativo. Deputado não é para "pensar" o País. Deputado serve é para trazer verbas (que deveriam ser distribuídas automaticamente).
Quanto mais jogo-de-cintura, ou seja, mais adesista, mais puxa-saco e mais sem-vergonha for o deputado, mais chance ele tem de continuar na política.
E os prefeitos? Ou transformam as prefeituras em comitês eleitorais de deputados verbeiros (de vários partidos, uai...) ou ficam chupando o dedo!

Marcadores:

Percepção da corrupção no Brasil segue alta (Transparência Internacional-pesquisa 2007)
Bruno Wilhelm Speck, Folha de S. Paulo

EM SUA 12ª edição, o Índice de Percepções da Corrupção [IPCorr] apresenta o Brasil em 72º lugar num total de 180 países avaliados .
Na escala entre zero e dez, o país recebeu a nota 3,5. Os resultados do IPCorr confirmam o retrato dos anos anteriores, em que o Brasil ocupava posição intermediária similar.
Dentro da América Latina, destacam-se positivamente o Chile e o Uruguai (7,0 e 6,7, respectivamente).
A Venezuela (2,0) e o Equador (2,1) receberam as piores avaliações na região.
Um olhar sobre os países que lideram a lista - como Suécia, Canadá e Suíça - e o grupo dos lanterninhas -incluindo Sudão, Afeganistão e Iraque- deixa bem claras as implicações da corrupção para o desenvolvimento político, econômico e social de qualquer país. MAIS

Marcadores:

PISO PREVIDENCIÁRIO DESVINCULADO DO SALÁRIO MÍNIMO
Se o país quiser continuar a elevar o salário mínimo como piso remuneratório de quem está no mercado de trabalho -e é razoável que isso continue ocorrendo-, o Brasil, em algum momento futuro, deveria aceitar desvincular o salário mínimo do piso previdenciário. Fabio Giambiagi/IPEA
Google
online
Google