sábado, junho 30, 2007

CINEMA EM ITAPEVA - HISTÓRIA
Preto Matos e Davi Panis, na Folha do Sul
De 1908 a 1912, vem a “Bela Époque” do cinema brasileiro. Forma-se um centro de produção e surgem os primeiros sucessos como filmes de casos policiais, comédias, e pequenos filmes cantados (atores interpretam atrás das telas).Nestes primórdios, na então Faxina, enquanto o cinema ainda engatinhava, Bras Margarido e José Duch Villar inauguram o Cine Iris, fazendo concorrência ao Teatro Santana, que se localizava na Praça Anchieta, esquina com a Rua Pires Fleury.Entre 1914 e 1920, com a vinda de filmes americanos ao Brasil, a produção local decai. Muitos sobrevivem fazendo cinema de “cavação”, em que, por exemplo, uma grande indústria contrata um cinegrafista e sua equipe para fazer um documentário institucional sobre a empresa, ou ainda importantes famílias encomendavam o registro de casamentos ou batizados. Entre os filmes desse tempo, destacam-se os calcados em obras célebres da literatura brasileira, principalmente as do período romântico. LEIA MAIS NA FOLHA DO SUL

Marcadores:

OBA! EPA!
"O mundo se divide em dois tipos de pessoas: as que gritam Oba! e as que exclamam Epa!". Quem disse isso? Demócrito? Santo Agostinho? Leibniz? Nietzsche? Nenhum deles: foi Ivan Lessa, no Pasquim. A frase resume tudo o que conseguimos aprender até hoje sobre o ser humano.
De acordo com Ivan Lessa, os Oba! são otimistas, alegres, aproveitadores, oportunistas, barulhentos e donos de um caráter flexível. Os Epa!, por outro lado, são censuradores, precavidos, desconfiados, facilmente escandalizáveis, dotados de um caráter rígido e de pouquíssimo senso de humor.
A popularidade de Lula já foi analisada sob diferentes prismas. Faltou um: o que aplica à realidade política a tipologia do Oba! e do Epa!. Os brasileiros sempre foram esmagadoramente Oba!. Somos uma espécie de paradigma universal do Oba!, com focos isolados e desorganizados de Epa!.
COLUNA DE DIOGO MAINARDI NA VEJA, QUE PODE SER LIDA NO BLOG DO ALUISIO
RELATIVO?
Ora, se a verdade é tão relativa assim, o que é verdade para fulano pode ser mentira ou falsidade para sicrano. Vamos aos exemplos. Para Berzoini, Ideli e os petistas não existiram mensaleiros - é mentira da imprensa e da oposição. Logo, para eles esta é a verdade e basta. Da mesma forma, Renan Calheiros tem dito ad nauseam que já apresentou "toda a verdade". Se a verdade é relativa, o que a revista Veja e a PF demonstraram é falso. Absolva-se Renan. Haveria uma verdade relativa ao PT e a Renan e outra relativa aos que os acusam? Nesse caso, como ficariam os fatos?
Os fatos não são relativos. São eles que tornam uma declaração ou proposição verdadeiras. Assim, a declaração "existiu o mensalão na Câmara dos Deputados" é verdadeira se, e somente se, existiu o mensalão na Câmara dos Deputados (agora sem aspas). Como foi provada a existência, esta é uma verdade absoluta. LEIA MAIS NO BLOG DO PROFESSOR O.TAMBOSI

Coitado do Montesquieu, o da teoria da separação dos poderes


Caros,
Como representante da Transparência Itapeva(TI), participei hoje de manhã, na Rádio FM, de um programa de debate sobre Ética na Política. Sai cansado (sou um caipira tímido com notória dificuldade de falar e raciocinar em público) mas saí esperançoso. O prefeito municipal Luiz Cavani se comprometeu a criar um Portal de Transparência na cidade e convidou a TI para tratar de detalhes com o secretário Adelço, das Finanças. O secretário jurídico da prefeitura, Dr. Antonio Rossi, informou que será encaminhado brevemente para a Câmara projeto de criação de Ouvidoria, outra reivindicação da TI.
O vereador Marmo nos informou que a Câmara está consciente da necessidade de contratar assessoria especializada para a necessária fiscalização das contas municipais.
São medidas importantíssimas para a boa gestão dos recursos públicos. Vamos torcer e cobrar.
Também participaram do debate, mediado pelo jornalista Roberto Comeron, o colunista da Folha do Sul, Sebastião Pereira da Costa (que não se cansa de cobrar essas medidas), os advogados Oscar Rolim Jr, Orlando Marto e Adilson (os dois últimos representando a OAB local) e Monoel Braga (presidente da TI).
Vou descansar e aproveitar para ler a Folha do Sul. Volto mais tarde. Até.

Marcadores:

CLIPPING DE SÁBADO (30)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

sexta-feira, junho 29, 2007


Justiça afasta prefeito de Coronel Macedo-SP
José Maria Tomazela, no Repórter Diário
O juiz Gabriel Pires de Campos Sormani determinou hoje o afastamento do prefeito de Coronel Macedo (SP), Antonio Batista Tonon (PL), acusado de improbidade administrativa.
Tonon foi flagrado quando oferecia dinheiro, um carro e favores políticos a um vereador, em novembro do ano passado, em troca de apoio à eleição de sua mulher para o cargo de presidente da Câmara. Na época, Tonon chegou a ser preso. O prefeito também é acusado de ter montado um esquema de favorecimento ao vereador Nilton Donizete Machado (PP), o Nilton "Funileiro", por meio da liberação de pagamentos de notas "frias" referentes a serviços de reparo da frota municipal. De acordo com o promotor Flávio Okamoto, por ser vereador, Nilton não poderia prestar serviços à prefeitura. No entanto, ele usava como "laranjas" os donos de uma oficina de Taquarituba, cidade vizinha, Eliton Vieira da Silva e Ademar Lopes da Silva. Eles forneciam as notas e Nilton superfaturava os serviços. Na maioria das vezes, ele mesmo assinava os empenhos na prefeitura e recebia os cheques em nome dos "laranjas". Em pouco mais de um ano, o vereador recebeu R$ 46 mil dos cofres municipais. "Funileiro" também teve decretado o afastamento do cargo. Ele, o prefeito e os dois "laranjas" tiveram decretada a indisponibilidade dos bens. A assessoria do prefeito informou que ele vai entrar com recurso para se manter no cargo. O vereador e os outros dois acusados não foram encontrados. (AE)
Repito: desviar dinheiro de prefeitura da região é mais fácil do que tomar doce de criança. Basta arrumar "notas frias", que a total falta de transparência garante o segredo (às vezes dá zebra, alguém denuncia).
O Brasil tem boas leis, mas que não são cumpridas. Essa farra das prefeituras poderiam ser evitadas se:
a) as Câmaras organizassem a fiscalização (institucional) das contas municipais, contratando auditores e contadores para auxiliá-la na tarefa. É o que a Constituição manda, mas quem cumpre?
b) as prefeituras divulgassem a relação dos pagamentos efetuados etc para que a população acompanhasse as contas municipais. É o que o princípio da publicidade recomenda (art. 37 da CF).
Nos países democráticos é assim que funciona (transparência e punição). Mas aqui eles escondem tudo. E depois ainda dizem que corrupção é cultural. Mentira. Gente desonesta existe no mundo todo. Ora, a divulgação é feita justamente para inibir a sem-vergonhice.

Marcadores:

Docente da UNESP - Itapeva ministra palestras no Japão
No período de 3 de maio a 15 de junho de 2007, o docente da UNESP de Itapeva Marcelo Takeshi Yamashita esteve em Tóquio, Japão, para participar de uma conferência de física nuclear e visitar duas universidades.
A conferência intitulada de "International Nuclear Physics Conference 2007" (INPC 2007) contou com a presença de aproximadamente 700 pesquisadores do mundo inteiro, incluindo 5 brasileiros, sendo eles, 3 professores da USP e dois da UNESP.
A INPC 2007 foi considerada uma das mais importantes conferências deste ano no Japão, estando presentes na cerimônia de abertura o Imperador e a Imperatriz, Ministras e outras autoridades relacionadas à pesquisa do país.
O professor da UNESP de Itapeva apresentou o pôster: "Non-borromean halo nuclei: trajectory of neutron-neutron-core energy in the complex plane".
Na sua estada ao país, o professor Yamashita a convite dos professores Akira Suzuki (de Tóquio) e Yasuyuki Suzuki (de Niigata), ministrou o seminário "Weakly-bound three body systems: from halo nuclei to ultracold atoms" na "Tokyo University of Science" e na "Niigata University" onde também participou de um workshop intitulado "Few-body approach to physics of halo nuclei and related topics" com pesquisadores do Japão e da Bélgica.
"A viagem foi extremamente proveitosa, pois possibilitou o estabelecimento de diversas colaborações para o trabalho que desenvolvo" conclui o professor Yamashita. (Universia)
***
Marcelo é bom companheiro no Tênis Clube de Itapeva.
CLIPPING DE SEXTA (29)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

quinta-feira, junho 28, 2007

CORONEL MACEDO: Justiça afasta do cargo prefeito, vereador e chefe de governo do município
Todos são acusados de cometer irregularidades na contratação de serviços para a prefeitura
O prefeito de Coronel Macedo, Antonio Batista Tonom, o vereador Nilton Dozinete Machado e o chefe de governo, Levino Aparecido de Souza, foram afastados dos cargos pela justiça na tarde desta quarta-feira. Todos são acusados pela promotoria de cometer irregularidades na contratação de serviços para a prefeitura.
Entre as denúncias, há indícios de superfaturamento e emissão de notas frias. Segundo o ministério público, o prefeito utilizava a oficina do vereador Nilton Machado para a manutenção dos carros do executivo, o que é proibido.
As notas ficais eram emitidas em uma outra oficina, localizada em Taquarituba, cidade vizinha, e com valores possivelmente superfaturados. Prefeito, vereador e chefe de governo estão com todos os bens indisponíveis.
O afastamento deles foi comunicado por um oficial de justiça. Uma cópia da decisão foi enviada à Câmara para análise dos vereadores que podem ou não entrar com processo para cassar os envolvidos. Os três não foram encontrados pra comentar o afastamento. (TV TEM)
O esquema é velho de guerra: notas frias (ou empresas fantasmas). É fácil de ser usado porque as notas fiscais são pagas e arquivadas, a prefeitura não as mostra pra ninguém, não divulga os pagamentos. Fica tudo em segredo. Ah, segredo é mesmo o ambiente preferido por políticos espertos. Segredo ilegal, pois contraria o princípio da publicidade (art. 37 da CF).
É possível acabar com a farra das notas frias? Sim, é simples: basta o município fazer uma lei obrigando o prefeito a divulgar os pagamentos - nome da empresa, produtos adquiridos, preço, etc. A população tem a possibilidade de conferir, os vereadores também - sempre há alguém disposto a fiscalizar. Divulgar na internet ou afixar na própria prefeitura e/ou encaminhar cópia para a Câmara. Inúmeras prefeituras estão criando portal de transparência na internet.
Segredo safado que esconde e estimula a meterem a mão no dinheiro do povo.
PS - Em dezembro passado, o prefeito foi preso em um posto de gasolina de Avaré, tentando comprar o voto de um vereador de oposição (aqui). Entendeu por que prefeitos espertos precisam tanto de maioria na Câmara, custe o que custar?

Marcadores:

ITAPEVA - Delegacia de investigações gerais apreende mais de três mil cds e dvs piratas
A ação foi na área de comercio popular do centro da cidade
A delegacia de investigações gerais apreendeu no fim da tarde desta quarta-feira em Itapeva mais de três mil cds e dvds supostamente falsificados. A ação se concentrou na área de comércio popular, no centro da cidade. Cinco quiosques foram vistoriados e três pessoas foram ouvidas pela polícia.
De acordo com o delegado, Marcelo Bruder Santini, os envolvidos vão responder inquérito por violação de direito autoral. A pena varia de dois a quatro anos de prisão e multa. O material apreendido foi enviado para a perícia.(TV TEM)

Marcadores:

MARIA-CONGRESSO
"Já tinha ouvido falar em maria-chuteira, maria-pagodeira, maria-gasolina, agora essa nova modalidade de oportunistas eu não tinha visto ainda, que é a "maria-congresso".
Boa, PC!
Congresso custa ao brasileiro R$ 32,62 por ano
O Congresso Nacional custa, por ano, R$ 32,62 para cada brasileiro. A Câmara, R$ 18,14; o Senado, R$ R$ 14,48. Os dados constam de estudo divulgado pela ONG Transparência Brasil. (
Aqui)
Um novo estudo da ONG Transparência Brasil sobre os custos do Poder Legislativo mostra preocupantes números sobre o parlamento brasileiro. Para financiar o Congresso Nacional, os brasileiros desembolsam valores superiores a outros 11 países pesquisados na América Latina, na Europa e na América do Norte.Aqui.
E quanto custa a Câmara Municipal de Itapeva?
1) Gastos de 2006 = R$ 2.990.000,00
2) População = 91.240
Dividindo 1 por 2 dá R$ 32,77 por habitante.
Como o orçamento da Câmara de 2007 é de R$ 3.905 mil, vai dar algo próximo de 42 reais!
PS: se a Câmara fiscalizar as contas municipais, pode crer, sai barato.

Marcadores:

População das cidades se iguala à rural no planeta
Para a ONU, processo pode ser positivo; áreas urbanas concentram pobreza, mas também permitem sair dela
Onda de urbanização se concentra agora na África e na Ásia; fenômeno só terá saldo benéfico com maiores planejamento e poder local
ANTÔNIO GOIS
FOLHA DE S. PAULO
O mundo vivencia em 2007 um marco histórico: pela primeira vez, a população urbana se igualou à rural e, a partir de 2008, será cada vez mais predominante. Esse ponto de transição levou o UNFPA (Fundo de População das Nações Unidas) a abordar o tema em seu relatório mundial de população, divulgado ontem.As principais conclusões são:
1) a urbanização é inevitável, mas seus efeitos podem ser altamente positivos se as cidades se prepararem ou desastrosos em caso contrário;
2) não são as megacidades que concentram o crescimento. Ele se dá principalmente em cidades médias;
3) também não é a migração rural-urbana que mais explica a expansão, mas sim o crescimento vegetativo nas cidades;
4) a concentração populacional é melhor para o meio ambiente do que a dispersão;
5) os pobres têm direito à cidade e a decisão de migrar ou permanecer lá é racional. A pobreza é, em média, maior nas áreas rurais, onde também é mais difícil para os governos universalizar o acesso a serviços como educação e saúde.O desafio de preparar as cidades para o crescimento existe desde que, entre 5.000 e 15 mil anos atrás (não há data consensual), as primeiras vilas urbanas surgiram. A melhoria das técnicas agrícolas permitiu que a produção superasse o consumo, liberando mão-de-obra para outras atividades.
Segunda onda
Desde então, ocorreram duas grandes ondas de urbanização. A primeira começou na Europa e na América do Norte durante a Revolução Industrial e durou dois séculos (1750 a 1950). A mais recente teve início na segunda metade do século passado e acontece em ritmo mais acelerado. Ela está num estágio bastante adiantado na América Latina -onde as taxas de urbanização já superam as européias- e cresce principalmente na Ásia e na África.
Essa segunda onda acontece também num período em que as projeções da ONU indicam que a população mundial sairá dos atuais 6,6 bilhões para 9 bilhões em 2050. O relatório do UNFPA tem visão positiva desse processo e sustenta que, se é fato que as cidades concentram pobreza, também é verdade que elas representam maior esperança de escapar dela. Mas o texto alerta que os benefícios da urbanização dependem de uma mudança das políticas públicas.A primeira dessas mudanças é a aceitação de que o processo é inevitável.
Segundo o relatório, quase todas as tentativas para conter a migração rural-urbana no mundo foram em vão, e as poucas que funcionaram fizeram uso de métodos autoritários (Vietnã e China), com resultados temporários.Mesmo assim, um número crescente de países em desenvolvimento (51% em 1996 e 73% em 2005) tinham políticas para reduzir a migração."As pessoas migram para as cidades por que têm consciência de que estarão melhores lá. Muitos governos tentaram conter esse fluxo evitando a oferta de serviços, despejando-as, ou até pagando a passagem de volta, mas isso não teve efeito", diz George Martine, autor principal do relatório.Martine, que é também presidente da Associação Brasileira de Estudos Populacionais, afirma que ele mesmo já participou, no Brasil, de um grupo de estudos criado na década de 70 para discutir a migração do Nordeste para São Paulo."Era um plano bem-intencionado. O pressuposto era de que a concentração populacional era negativa. Havia na época a idéia de que a igualdade social seria maior se houvesse igualdade espacial. Olhando hoje em retrospectiva e dentro de uma economia de mercado, é um raciocínio triste."
Crescimento vegetativo
A mudança de política depende também de um melhor entendimento das razões da urbanização. Elas são distintas em cada cidade, mas o relatório sustenta que, na média mundial, o maior componente é o crescimento vegetativo (mais nascimentos do que mortes).Por isso, a diminuição das taxas de fecundidade -por meio da eqüidade de gênero e da melhoria da saúde reprodutiva- seria mais eficiente para reduzir o crescimento do que a tentativa de controle da migração.Outra característica do crescimento que, para o UNFPA, exige adaptação imediata é que, como o processo acontece principalmente em cidades de médio porte, é preciso fortalecer os governos municipais.Para o fundo, isso não significa que as grandes cidades devam deixar de ser alvo de ações de governos, pois uma variação percentual pequena, como uma taxa de 1% ao ano, significa para uma cidade de dez milhões de habitantes mais um milhão de pessoas em dez anos.Martine destaca também que o fato de reconhecer que o crescimento urbano é inevitável não deve levar governos a deixarem de se preocupar com o desenvolvimento rural: "Não são duas opções excludentes".

Marcadores:

Urbanização reduziu pobreza no Brasil, mas violência cresceu
Da Sucursal do Rio, Folha de S. Paulo
No Brasil, a população urbana passou de 36% em 1950 para 81% em 2000. Isso concentrou a maioria dos pobres nas cidades -boa parte em favelas- e está associado ao aumento da violência. Mas também ajudou a reduzir a pobreza e o crescimento demográfico.O impacto da urbanização na redução da pobreza brasileira é citado no relatório do UNFPA a partir de uma estimativa feita pelo demógrafo Ralph Hakkert, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Ele estimou que o processo explicaria 17% da queda de 1999 a 2004.Nesse período, a pobreza urbana caiu de 29% para 25,4% e a rural, de 61,4% para 54,4%. Como a população urbana aumentou de 80,6% para 83,6%, ele estimou qual seria a pobreza sem esse movimento.
LEIA MAIS

Marcadores:

Entre 12 países, Congresso brasileiro é o que mais pesa no bolso dos cidadãos
Marina Della Valle, Folha de S. Paulo
Levantamento da ONG Transparência Brasil comparando os custos do Congresso brasileiro com os de Parlamentos de 11 países aponta que o gasto anual com parlamentares no Brasil é superado apenas pelo dos Estados Unidos. Pela relação com o salário mínimo anual ou o PIB (Produto Interno Bruto) per capita, porém, o Congresso brasileiro é o que mais pesa no bolso do cidadão.
LEIA MAIS
"Fedendo"
Eliane Cantanhêde, Folha de S. Paulo
BRASÍLIA - Sabe o que o plenário do Senado parecia ontem à tarde, durante o discurso de renúncia do senador Sibá Machado da presidência do Conselho de Ética? Parecia uma arena, com petistas, tucanos, democratas, peemedebistas etc. no centro, prontos para serem devorados pelos leões -ou pelos próprios erros. A perplexidade, a humilhação, a vergonha pairavam no ar. Renan Calheiros, o pivô da crise, presidia a sessão. Sibá, a terceira baixa do conselho, discursava, simples, coloquial, um tanto desfocado. E vieram os elogios de praxe, típico nhenhenhém de quando não há o que dizer, só lamentar. Até que... o senador Jarbas Vasconcelos botou o dedo na ferida, ou nas feridas, com a tarimba de dois mandatos de governador em Pernambuco, a coragem de ex-""autêntico" do velho MDB e a independência de dissidente do atual PMDB. Doeu, mas fez bem. Ele se referiu ao processo contra Renan como "trapalhada", disse que o Senado está com a imagem "maculada" e indo para o "imponderável". "Como instituição, está-se estrangulando." "Não pode ficar sangrando e, mais do que isso, fedendo." "O Congresso não pode mergulhar na lama." Silêncio, troca de olhares, discreta aprovação. Quando a situação se deteriorou (há dias, ou semanas?), Jarbas não pediu nem a renúncia nem a cassação de Renan, mas, sim, que ele se afastasse da presidência -""para não nos causar constrangimento, inclusive o que causa hoje, presidindo a sessão". Sentado à mesa principal, Renan Calheiros, envelhecido, sem energia, tinha cadeiras vazias à sua esquerda e à sua direita a maior parte do tempo. Será que os senadores estavam com vergonha de serem fotografados ao lado dele? O constrangimento era imenso, doído, quase palpável. De Renan e também do Senado, que se transformou em arena porque quis.
Reforma política: Câmara rejeita as listas preordenadas
Plenário fez duas votações nominais sobre as listas preordenadas.
O Plenário rejeitou, na noite desta quarta-feira, qualquer tipo de lista preordenada nas eleições proporcionais, em duas votações nominais relativas ao Projeto de Lei 1210/07, da reforma política. A segunda votação nominal rejeitou, por 252 votos a 181.
LEIA MAIS

Marcadores:

CLIPPING DE QUINTA (28)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

quarta-feira, junho 27, 2007

População urbana superará a rural em 2008, diz ONU
Até 2030, cinco bilhões de pessoas, ou 60% da população, viverão em cidades
O mundo atingirá em 2008 um ponto em que pela primeira vez a população urbana vai superar a rural, disse a Organização das Nações Unidas (ONU) nesta quarta-feira, 27, alertando para a necessidade de preparativos. O relatório mostra que, até 2050, mundo terá 9 bilhões de pessoas (contra os 6,6 bi atuais). LEIA MAIS
Na Europa, a população vai diminiur no período.

Marcadores: ,

7 prefeitos acusados de fraudar concursos públicos são presos
Polícia gaúcha prendeu também dois vice-prefeitos e 18 empresários
SÃO PAULO - Sete prefeitos, dois vice-prefeitos e 18 empresários do Rio Grande do Sul foram presos nesta quarta-feira, 27, acusados de fraudar concursos públicos.
LEIA MAIS
Do blog do Tambosi


PROJETO CATA-VENTO EM ITAPEVA
Fundação Orsa se uniu à Organização Internacional do Trabalho (OIT) e ao Fórum Paulista de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, entre 2004 e 2006, para implantar no estado o projeto Cata-vento, que atendeu, nesse período, quatro municípios (Itapeva, Campinas, Caraguatatuba e Ferraz de Vasconcelos) e o bairro São Mateus, na região leste da capital. LEIA MAIS
Corrupção, a vergonha nacional
Jornal do Brasil
para 41,3% a corrupção é o principal motivo de vergonha. Em seguida, aparecem a violência (17,1%) e a pobreza/miséria (12,7%).
"A corrupção e a violência têm elos. A meninada da rua olha para cima e vê que lá, na cúpula, as autoridades roubam." LEIA MAIS
Supersimples para quem paga
Editorial, O Estado de S. Paulo
A maior parte dos pequenos e microempresários terá de correr para regularizar a situação fiscal até o fim de julho, se quiser ingressar no Supersimples, ou Simples Nacional, o novo sistema de tributação para empresas com faturamento de até R$ 2,4 milhões por ano. Quem aderir poderá recolher numa só operação oito tributos - seis federais, um estadual e um municipal -, com muito menos burocracia e quase certamente com uma boa redução de encargos. O novo regime, previsto na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, entrará em vigor no dia 1º, mas pelo menos dois terços das firmas potencialmente beneficiárias não têm condições legais de se inscrever no sistema. Ou estão na informalidade ou são registradas e têm débitos fiscais em atraso.
LEIA MAIS

Marcadores:

A choldra paga a conta e ganha meio voto
Elio Gaspari, Folha de S. Paulo
SOB A MÁSCARA de "reforma política", será posto em votação na Câmara dos Deputados o maior esbulho eleitoral já praticado desde o Pacote de Abril de 1977, que entregou um terço do Senado a uma raça de sem-votos denominados biônicos. Agora pretende-se entregar metade da Câmara e das Assembléias ao comissariado das tendências e direções partidárias.
(...)
O artigo 6º da proposta fortalece apenas os atuais deputados, presenteando-os com o direito de encabeçar a lista. Num exemplo, da chapa petista de São Paulo, os deputados João Paulo Cunha, mensaleiro absolvido pelos pares, e Arlindo Chinaglia, presidente da sessão que pretende votar a "reforma", estariam automaticamente reeleitos, sem sair de casa. Na atribulada história do Parlamento brasileiro, jamais houve caso tão escancarado de prorrogação de mandatos. LEIA MAIS
CLIPPING DE QUARTA (27)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

terça-feira, junho 26, 2007


CORRUPÇÃO: A MAIOR VERGONHA DOS BRASILEIROS
Para 41,3% dos entrevistados, a corrupção é o principal motivo de vergonha. A violência aparece em seguida, sendo citada por 17,1%. A pobreza é apontada por 12,7%.
De modo geral, a ampla maioria dos entrevistados (91,1%) disse ter orgulho de ser brasileiro. Apontam como motivo de orgulho as riquezas naturais (25,7%) e a solidariedade do brasileiro (19,5%). A política foi citada por apenas 0,3%.
LEIA MAIS

Marcadores:

Como moralizar a Nação?
José Pastore, O Estado de S. Paulo
No meio da avalanche dos escândalos no setor público, o que não falta é diagnóstico. Mas e a solução? O que fazer para entregarmos aos nossos filhos e netos uma nação mais sadia? Para controlar a corrupção penso ser imprescindível inundar a sociedade com bons exemplos. Como fazer isso? Como o diabetes, a corrupção não tem cura, mas precisa ser combatida diariamente. Para tanto, há que se dispor de agências aparelhadas e dedicadas à prevenção, ao combate e à educação contra a corrupção. Vários países as possuem e com bons resultados.
LEIA MAIS

Marcadores:

APARELHAMENTO PETISTA
"A principal herança que o governo do PT vai deixar, falando apenas na abordagem política, é o aparelhamento indiscriminado da máquina pública e a criação de cargos sem necessidade, que leva o Brasil a ter gastos correntes crescendo mais que a economia", afirmou. Aécio Neves disse ainda que o aparelhamento supostamente promovido nos governos do PT "não se traduz em eficiência e gera outros problemas que, infelizmente, quase que nos acostumamos a ter, que são os problemas de ética". Segundo ele, "as gorduras ganhas no setor público" com os ministérios criados por Lula "podem ser o que justifica o Brasil [estar] com um crescimento muito pouco expressivo em relação ao crescimento mundial". AQUI
Quem mais precisa de cargos?
Isabel Clemente, Época
Logo após a crise do mensalão, há quase dois anos, o governo Lula prometeu reduzir o número de cargos públicos preenchidos por indicação política. Conhecidos no jargão burocrático como cargos de confiança, com o escândalo essas vagas se revelaram um campo aberto para a corrupção. As investigações mostraram que os políticos instalam pessoas de sua confiança em cargos estratégicos da máquina federal para tirar vantagem depois.
Passado o aperto do mensalão, a idéia caiu no limbo. Não só nada foi feito, como na semana passada o governo anunciou a criação de mais 660 cargos do gênero. Eles elevam de 21.440 para 22.100 o número de cargos de confiança.
LEIA MAIS
CLIPPING DE TERÇA (26)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

segunda-feira, junho 25, 2007

PARA ANOTAR
As ondas sonoras do alto da Cafelândia dispararam contra o vereador Paulo de la Rua (PDT) durante toda a semana nos flashes noticiosos.
ALVO PREFERENCIAL
De fato o PDT do vereador De la Rua anda incomodando muita gente. Por que será? (Folha do Sul)

ITAPEVA - Câmara promove sessão solene e entrega Título de Cidadão Itapevense a Toninho Loureiro
Em sessão solene realizada na noite de sexta-feira, 22, no Plenário da Câmara Municipal "Ricardo Campolim de Almeida Neto" o Legislativo Itapevense procedeu à entrega de Título de Cidadão Itapevense ao empresário Toninho Loureiro. A iniciativa da honraria foi do vereador Paulo Roberto Tarzã dos Santos (PSDB), sendo aprovada pelos demais vereadores. Ao proceder a entrega da honraria o Presidente da Câmara Ulysses Mário Tassinari destacou que o homenageado é uma pessoa que se preocupa em ajudar o próximo, atuando na área social, fazendo parte de várias entidades assistenciais e que merece ser reconhecido com uma honraria do Legislativo Itapevense. "Na verdade, nós é que nos sentimos honrados em tê-lo, a partir desta noite, como nosso mais novo irmão, filho da terra, que ele escolheu para criar seus filhos, para ser feliz, para doar-se, para investir, para viver", afirmou Dr. Ulysses.Também prestaram homenagem a Toninho Loureiro o Sr. Hugo Mendes, representando a Associação dos Deficientes Renais Crônicos de Itapeva e Região e o Sr. Vânio Prado, representando o Rotary Club de Itapeva, entidades da qual ele é Presidente. LEIA MAIS
Serra libera recursos para estradas de Itapeva e região
Para a vicinal que liga os municípios de Barra do Chapéu e Apiaí serão liberados R$ 6,5 milhões. Para as obras da vicinal que liga Riversul ao bairro Barra Alegre serão liberados R$ 5,7 milhões. Para os 32 quilômetros de pavimentação entre Itapeva e São Roque vão outros R$ 8,3 mihões e os 18 quilômetros de pavimentação asfáltica entre Avaré a Itatinga vão consumir R$ 6 milhões.
LEIA MAIS

Marcadores:

ITAPEVA - Instalação de um anexo fiscal e uma vara especial irá desafogar fórum da cidade
Um vara também será criada em Buri
O fórum de Itapeva está entre os mais sobrecarregados do estado em número de processos por servidor público. Mas a instalação de um anexo fiscal, uma vara especial e de uma vara em Buri deve mudar a situação.
No fórum as prateleiras estão lotadas. Falta lugar para tanto processo, nas mesas, os funcionários precisam dividir o espaço para caber tudo. Cada servidor da primeira vara é responsável por 925 processos. Número duas vezes maior que o ideal.
Em todo fórum são apenas três varas para analisar mais de 36,5 mil processos em andamento. Uma realidade que deve mudar. O Tribunal de Justiça decidiu ampliar e descentralizar a estrutura de atendimento. Serão instalados um anexo fiscal, unidade responsável pelos processos ligados á área tributária federal, estadual e municipal, além de uma vara de juizado especial.
De acordo com a juíza diretora do fórum, Luciene de Oliveira Ribeiro, Buri também vai ganhar uma vara distrital para a cidade. Atualmente na primeira vara existem 11,1 mil processos. Número que deve cair assim que as novas varas forem instaladas.
Para o presidente da ordem dos advogados de Itapeva, Orlando Müsel Martho, o anúncio do tribunal de justiça representa uma grande conquista para a região. Para ele, a medida vai tornar mais fácil o acesso dos moradores ao judiciário.
Mas as facilidades que não serão imediatas. A instalação efetiva das novas varas ainda vai levar alguns meses. (TV TEM)

Marcadores:

Produtividade recua em 21 setores
Marcelo Rehder, O Estado de S. Paulo
A produtividade de setores tradicionais da indústria brasileira despencou num período de dez anos. De um total de 43 grupos de atividade industrial, 21 perderam, em média, 16% de eficiência entre 1996 e 2005. Essa é uma das principais conclusões de um estudo inédito da consultoria MB Associados, feito com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Entre os perdedores estão órfãos do câmbio como calçados, móveis, confecções e têxteis.'Os números indicam que o ajuste necessário para contrabalançar os efeitos do câmbio ainda não foi feito nas empresas intensivas em mão-de-obra', diz Sergio Vale, economista da MB Associados que coordenou o estudo. 'Isso significa que as demissões deverão continuar nesses segmentos.'
LEIA MAIS
Problema: sem aumento da produtividade (mais produção por trabalhador) os salários não conseguem subir de modo sustentado. É o valor do aumento da produção, da nova produção, que é repassado ao salário. Fácil de entender: um trabalhador que produz individualmente 20 peças geralmente ganha mais que outro que produz apenas 10 peças.

Marcadores:

Marcha da insensatez
Fernando Rodrigues, Folha de S. Paulo
BRASÍLIA - Arlindo Chinaglia fez campanha para presidente da Câmara prometendo colocar em votação a chamada "reforma política". A indigência intelectual da Casa que preside acaba de produzir um projeto frankenstein de mudanças político-eleitorais. Chinaglia forçará a mão para aprovar a anomalia, à custa de sujar sua biografia. O deputado médico do PT de São Paulo ficará para história como o presidente da Câmara responsável pela criação da oligarquia mais perene do sistema eleitoral brasileiro. O sistema de listas partidárias, a ser votado nesta semana, mantém a incrível regra da precedência: quem já é deputado será colocado no topo da relação.
Ou seja, o eleitor vota numa legenda, seja ela qual for, e os primeiros a serem eleitos serão os que já são deputados. Para fingir democracia, haverá também a possibilidade, não obrigatória, de um segundo voto para um deputado individualmente entre os que estão na lista. Alguém de boa-fé acredita na possibilidade de milhões de brasileiros se darem ao trabalho de empreender tal tipo de ação? Nem os deputados acreditam nessa hipótese. Aprovarão a regra sem medo de serem felizes na disputa de 2010. Outra maracutaia: o financiamento público em gestação não será mais limitado a R$ 7 por eleitor. A cada eleição as excelências no Congresso definirão o teto. Para quem não se lembra, o país tem 125 milhões de eleitores. A R$ 7 por cabeça a conta sai por R$ 875 milhões. Os políticos acham pouco. Essa marcha da insensatez só pode ser abortada por Arlindo Chinaglia. Surgiu a idéia de submeter tudo a um plebiscito -como forma de impedir o ato tresloucado da Câmara. É insuficiente. Por um mínimo de decência os deputados deveriam jogar esse pacote demencial no lixo. Minimizariam um pouco a credibilidade depauperada do Poder Legislativo.

Marcadores:

CLIPPING DE SEGUNDA (25)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

domingo, junho 24, 2007

RALO DO DINHEIRO PÚBLICO
O ralo por onde o dinheiro público escoa está localizado, principalmente, no superfaturamento de licitações. Um rastreamento do modelo da corrupção com obras públicas no Brasil, elaborado pela Associação de Peritos da Polícia Federal, mostra que as irregularidades surgem no edital de licitação e abrangem, também, a execução do contrato.
Segundo o mapeamento da associação, em vários casos existem a apresentação de projetos "viciados" entregues por construtoras aos órgãos que fazem a licitação. Entre os vícios, estão o superdimensionamento das quantidades de material, a omissão de serviços e materiais necessários, a introdução de defeitos no projeto e o sobrepreço de materiais.
Há, ainda, o conluio de construtoras para que por meio de preços superfaturados definam, entre si, quem irá vencer a licitação. “Se não houver superfaturamento, não tem como haver propina, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, crimes eleitorais e compras de votos porque essa é a forma de fazer o caixa”.
LEIA MAIS

Marcadores:

Charles Darwin
Charles Darwin era um homem cauteloso. Por 20 anos ele manteve sua teoria da evolução em segredo, conduzindo experimentos em seu jardim e estudando a literatura científica para, já de antemão, tentar responder todas as dúvidas e críticas que inevitavelmente seriam lançadas sobre ela.Estava convicto de suas conclusões, mas tinha plena consciência do impacto avassalador que sua tese teria sobre o pensamento científico e religioso da época. E queria estar preparado. LEIA MAIS

Marcadores:

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DE SÃO CARLOS
O Portal da Transparência disponibiliza informações a respeito das contas da administração pública. Receitas e despesas.Com este Portal você poderá conhecer as metas de governo e acompanhar o uso do dinheiro público. É o cidadão fiscalizando o trabalho do governo que elegeu.Aqui você confere o valor pago em aluguéis de imóveis e a sua destinação, o comportamento da dívida pública, os pagamentos feitos diariamente pela administração, informações a respeito dos Conselhos Municipais, os repasses para entidades conveniadas (subvenções) e os recursos recebidos dos Governos Estadual e Federal, entre outras informações.E para estimular a concorrência nas compras da Prefeitura, são publicados os editais de licitação na íntegra, da Prefeitura e do Fundo Municipal de Saúde, bem como um resumo das licitações já realizadas.A transparência nas ações públicas é uma meta de governo. Desde 2001, a população determina os investimentos prioritários por meio do Orçamento Participativo. E aqui, o cidadão pode acompanhar as obras que elegeu.O Portal da Transparência é um instrumento de excelência na vigilância permanente da aplicação dos recursos públicos. Em junho de 2007, a Prefeitura foi convidada pela Controladoria Geral da União para apresentar a experiência deste portal no Seminário Brasil-Europa de Prevenção da Corrupção. (veja aqui a apresentação)
Sexta-feira, na cerimônia de entrega do título de cidadão a Toninho Loureiro, conversei com vereadores sobre mecanismos de transparência, inexistentes na cidade. Fui informado que eles, vereadores, já discutiram o assunto. Inclusive que a vereadora Áurea estaria trabalhando em um projeto. Pediram-me sugestões. Nos próximos dias, pretendo mostrar outros portais municipais. E vamos torcer pra que dê certo. Itapeva merece!
Leitores, mandem-me sugestões, por favor.

Marcadores:


DESINFORMAÇÃO, OPACIDADE E DESCONFIANÇA
Mesmo reconhecendo que a democracia que temos hoje é infinitamente melhor que as várias formas de autoritarismo que experimentamos, há uma enorme tarefa pela frente, no esforço de tornar mais transparente, para o maior número possível de brasileiros, o que é e como funciona nosso sistema político. São tantos os exemplos que mostram a necessidade disso que não deveria ser preciso listar algum. A imagem que a vasta maioria dos cidadãos brasileiros possui a respeito de nosso sistema político é, infelizmente, caracterizada por três atributos: desinformação, opacidade e desconfiança. Sabem pouco, não compreendem aquilo que sabem e, quase que em decorrência disso, não confiam no sistema e nos seus atores, os políticos. MARCOS COIMBRA, NO CORREIO
Dízimo periódico
Dora Kramer, no Estadão
O assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, considera “ridículas” as reações contrárias ao pagamento de dízimos ao PT por parte de seus filiados ocupantes de cargos no governo.
LEIA MAIS
Impunidade
Paulo Renato Souza, no Estadão
A diferença essencial entre uma sociedade moderna e desenvolvida e as que ainda buscam atingir esse nível não é a quantidade nem a qualidade de suas leis, mas o seu cumprimento. Em nosso país grassa a impunidade, especialmente para os integrantes das elites sociais, econômicas ou políticas. Ela é especialmente significativa em relação aos crimes contra o patrimônio público, que não se reduzirão enquanto ela persistir.
LEIA MAIS
Mantega avança "petização" no Ministério da Fazenda
Fábio Zanini, na Folha de S. Paulo
Depois de 15 meses à frente do Ministério da Fazenda, o ministro Guido Mantega está deixando de lado o perfil exclusivamente técnico de professor da Fundação Getulio Vargas e assessor econômico do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para se envolver mais a fundo com a política partidária.
LEIA MAIS
REPÚBLICA DE TURIBA
ANTONIO LOUREIRO DE ALMEIDA É CIDADÃO ITAPEVENSE
Se o número e a representatividade política do público na sessão solene podem ser traduzidos por prestígio político, o nome do empresário Toninho Loureiro (PSDB) é presença obrigatória nas futuras articulações políticas da sucessão municipal. (Folha do Sul)
DAGOBERTO MARIANO CÉSAR LANÇA JORNAL O CAMPO, DO SINDICATO RURAL
Depois de dois anos ruins para a agricultura, o mesmo se pode dizer do Sindicato Rural de Itapeva [presidido por Dagoberto], que atraiu representatividade expressiva nesta terça-feira (17), para o lançamento do jornal O Campo. (Folha do Sul)
Ex-prefeito é condenado a 11 anos de prisão
Em sentença datada do último dia 14, Sebastião Rodrigues de Barros, ex-prefeito de Taquarivaí (SP), foi condenado a 11 anos e 8 meses de reclusão e de inabilitação pelo prazo de 5 anos para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação. O ex-prefeito é acusado de ter efetuado desvio em proveito próprio de dinheiro da prefeitura de Taquarivaí, no valor total de R$ 932.384,92. LEIA MAIS NA FOLHA DO SUL
CLIPPING DE DOMINGO (24)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

sábado, junho 23, 2007

Falta de publicidade dos pagamentos efetuados
Artigo do blogueiro publicado na Folha do Sul de hoje:
“Normalmente, a Lei Orgânica do Município obriga o prefeito a afixar diariamente na sede da prefeitura o movimento de caixa do dia anterior (o chamado boletim de caixa), no qual devem estar discriminados todos os pagamentos efetuados. A mesma lei exige também que, mensalmente, seja tornado público o balancete resumido com as receitas e despesas do município. A ausência desses procedimentos faz com que os cidadãos fiquem impedidos de acompanhar e verificar a movimentação financeira da municipalidade, e assim pode ser indicação de acobertamento de fatos ilícitos”. (O Combate à Corrupção nas Prefeituras do Brasil, cartilha da AMARRIBO).
Prevista na Constituição de 1988, a Lei Orgânica do Município é a principal lei, uma espécie de constituição municipal, é aprovada e promulgada pela Câmara, dispensada a concordância do prefeito, que não pode vetá-la. A LO de Itapeva é de 05 de abril de 1990. Inexplicavelmente, nossos constituintes municipais (vereadores) não atenderam os princípios de publicidade (transparência) e de controles, fundamentais para o zelo dos recursos públicos. De sorte que a prefeitura está autorizada pelo Legislativo local a pagar as despesas e mandar para o fundo do arquivo as notas fiscais e comprovantes. É isso mesmo: os vereadores não obrigaram o prefeito a divulgar os pagamentos, nem para os cidadãos, nem para a própria Câmara! Se houvesse um ranking de transparência municipal, seguramente Itapeva estaria no último grupo.
Não foi a falta de prestação de conta que estimulou e facilitou o uso de um método manjado, velho de guerra, sem nenhuma sofisticação, descrito no relatório da CEI do FUNDEF 2004: empresas fantasmas, notas frias, pagamento em dinheiro vivo previamente sacado de banco? Os únicos que poderiam bisbilhotar eram os bancários, por isso não pagavam com cheque! Transparência zero! E antes, não houve o episódio do apagão elétrico na prefeitura, o abandono da Praça Anchieta, fechada por longo tempo para reforma, entre outros notórios sintomas de má administração?
Não há nenhuma dúvida que falhas e omissões da Lei Orgânica contribuíram para que o mar ficasse mais revolto - basta ver a queda de 127 posições no índice de escolaridade de 1997 a 2002. Calmarias, como estamos presenciando agora, são exceções.
Urge, portanto, que os vereadores refaçam a LO, aprovem leis municipais de transparência. Afinal, os recursos públicos são públicos, nada justificando o autoritário e imprudente segredo.
Sebastião Loureiro, do Blog República

Marcadores:

IMPRENSA INTERIORANA
"Não que a imprensa brasileira viva seus melhores momentos. Ao contrário, o desabafo de Luís Nassif publicado nessa semana dá conta de que setores da imprensa (Isto É e Carta Capital, p. ex.) são tão venais quanto ‘os mensaleiros’, o que não é nenhuma novidade para quem conhece a imprensa interiorana, onde não raro ‘jornalistas’ usam suas páginas como moeda de troca no jogo político local para amealhar benesses.
(...)
Enquanto isso, na esfera da imprensa interiorana, via de regra os veículos de comunicação são dirigidos ou pelo coração ou pelo bolso de seus mandatários. Ou seja, tanto lá como cá o cidadão tem de ficar esperto para não cair em armadilhas, formando opinião a partir de informações deliberadamente distorcidas.Sempre é bom questionar as razões do Quarto Poder quando ele se insinua mais ostensivamente. Ou são dividendos materiais ou são paixões pessoais, neste caso, com muito maior risco, afinal o coração tem razões que a própria razão desconhece."
CLIPPING DE SÁBADO (23)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

sexta-feira, junho 22, 2007

TROCA-TROCA
Paulo de la Rua deverá assumir o controle da Secretaria da Cultura e em troca o PDT apoiará Luiz Cavani. Adivinhe quem será o secretário?
Qual será a reação de Terezinha da Paulina ao receber a notícia? E a da Setembrina? (Ita News)
IBGE aponta estagnação no mercado de trabalho
Folha: Em maio, pelo terceiro mês consecutivo, a taxa de desemprego das principais regiões metropolitanas do país ficou estável em 10,1%, o que mostra uma estagnação do mercado de trabalho, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em maio de 2006, havia sido de 10,2%."A falta de dinamismo da economia impede que sejam geradas vagas suficientes para reduzir a taxa de desocupação. Vemos um mercado de trabalho que não apresentou nenhuma evolução nesses três meses", disse Cimar Azeredo Pereira, Coordenador da Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE.
LEIA MAIS
TÁ BOM, MAS TÁ RUIM
Continua [o país] a se transferir renda para gastos correntes e aposentadorias, em detrimento de investimentos públicos (ou privados, pois as empresas, ainda mais tributadas, ficam com menos capital disponível) e, por conseqüência, em detrimento da criação de trabalho. É preciso corrigir já alguns horrores sociais, decerto, mas a tendência de tal política é reduzir a produtividade geral da economia -a capacidade de criar riqueza. VINICIUS TORRES, NA FOLHA
CLIPPING DE SEXTA (22)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA

quinta-feira, junho 21, 2007


Motorista bêbados fazem caca na estrada de Itaberá.
Aqui
"FT" diz que Brasil é leopardo do crescimento freado pelo Estado
O jornal britânico Financial Times (FT) publicou ontem um caderno especial sobre o Brasil, avaliando-o como um 'leopardo do crescimento' freado pelo peso do Estado. LEIA MAIS
MAIS POSTOS PARA ALIADOS
O Planalto falava em reduzir o número de postos preenchidos por critérios políticos (havia 20 mil na administração direta) para 4.500, num prazo de até oito meses. "O presidente fará uma reforma que vai enxugar o número de ministérios e reduzir os cargos de confiança", afirmava o então líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP).
Nada disso, obviamente, aconteceu. Passou o tempo, Lula foi reeleito e, dois anos depois, seu governo anuncia o oposto: vai aumentar os cargos de livre provimento, que ultrapassarão 22 mil, e reajustar suas remunerações. O objetivo é satisfazer a clientela de sempre -ora inflacionada pela hipertrofia da aliança que une comunistas, liberais, neopentecostais, sem-terra, ruralistas, peemedebistas de todos os currais e tantos outros. EDITORIAL DA FOLHA
CLIPPING DE QUINTA (21)
-1) REDE PRÓ-BRASIL (jornais, revistas)-
-2) SISTEMA DE INFORMAÇÃO (mais matérias)-
-3) ANABB (dias úteis)-
-4) ASCOM/MIN.DO PLANEJAMENTO-
-5) SELEÇÃO NOTÍCIAS/MIN. EXTERIOR-
-6) RESENHA ELETRÔNICA / MIN. FAZENDA
Google
online
Google